Salsinha e Cebolinha

Salsinha e cebolinha "hidropônico"

Salsinha:

Características da planta: Planta bienal ou perene, herbácea, com 0,60 a 1,00 m de altura, de caule oco, pouco ramificado, de coloração verde-clara e rico em canais oleiríferos que lhe dão aroma e sabor peculiar. Também possuem aroma forte e agradável.

Zoneamento agrícola: o cultivo da salsa é indicado para regiões de clima ameno, desenvolvendo-se melhor sob temperaturas entre 7 a 24 graus celsus. Não tolera temperaturas extremas. Apesar de ser uma espécie pouco exigente em fertilidade, prefere solos com textura média, ricos em matéria orgânica, bem drenados e com pH entre 5,5 e 6,8.

Época de plantio: para regiões onde o inverno não é rigoroso, a melhor época é de março a setembro. Em regiões serrenas, de clima ameno, pode ser cultivada o ano todo; porém, em locais onde o inverno é rigoroso, evitar a semeadura nos meses frios.

Cultivares: comum, crespa, gigante portuguesa, lisa comum e lisa preferida.

Espaçamento: 0,20 a 0,25 x 0,10 a 0,15 m.

Sementes necessarias: 2 a 3 kg/ha.

Semeadura: feita em canteiros definitivos, em sulcos com profundidade de 0,20 a 0,40 cm, em fileiras continuas. A germinação é muito lenta, de 12 a 13 dias quando a temperatura do solo está entre 25 a 30 grasu celsus, e 30 dias quando está a 10 graus celsus. A germinação pode ser apressada, deixando-se as sementes de molho por uma noite. Quando as plantas estiveram com 4 a 5 cm de altura(duas folhas definitivas faz-se o desbaste, deixando-as mais vigorosas, espaçadas de 0,10 a  0,15 cm. Podem-se aproveitar as mudas vigorosas para  transplante.

Calagem: aplicar calcário para elvar a saturação por bases do solo até 80% e o teor de magnésio a um mínimo de 8 mmolc/dm3.

Adubação orgânica: aplicar, pelo menos 30 dias antes da semeadura, 30 a 50 t/ha de esterco de curral bem curtido ou composto orgânico, que podem ser substituídos por 7,5 a 12,5t/ha de esterco de galinha ou 2,5 a 4,0t/ha de torta de mamona fermentada sendo, a dose maior, para solos arenosos.

Adubação mineral de plantio: 10kg/ha de N, 90 a 180kg/ha de P2O5 e 45 a 90kg/ha de K2O. A quantidade, maior ou menor, de adubo a ser utilizada dependerá  das análises de solo e foliar, cultivar empregado e produtividade esperada.

Adubação mineral de cobertura: 30 a 60kg/ha de N e 15 a 30kg/ha de K2O, parcelados em duas ou mais aplicações, entre 30 e 60 dias após a semeadura à medida que vão sendo feitos os cortes, deve-se repetir a adubação de cobertura, parcelando-a em duas vezes: na época do corte e 15 dias após.

Irrigação: pode ser feita por infiltração ou aspersão, o suficiente, porém, para proporcionar bom desenvolvimento.

Tratos culturais: manter a cultura livre de plantas invasoras pois, além da concorrência, a salsinha perde valor comercial quando cortada juntamente com mato. Fazer escarificação após cada corte.

Principais pragas: lagarta-rosca, lagartas, vaquinhas, pulgões e cochonilhas.

Principais doenças: esclerotínia, septoriose, mancha de Alternaria, mofo-cinzento.

Colheita: inicia-se entre 50 e 70 dias, dependendo do cultivar, fazendo-se nova colheita a cada 30 dias. O corte é feito quando as plantas atingem cerca de 10cm de talo. Corta-se a planta pela base ou, o que é mais aconselhável, apenas as folhas mais desenvolvidas, assim, a produção será  maior e mais prolongada.

Produtividade normal: 7.000 a 8.000 maços por hectare, que correspondem a 14 a 16 t/ha.

Rotação: hortaliças de outras famílias, milho e leguminosas usadas como adubo verde.

Cebolinha

Descrição: A cebolinha é uma planta condimentar semelhante à cebola, mas não desenvolve bulbo.  Duas espécies são cultivadas: cebolinha verde ou comum e cebolinha-de-folhas-finas ou galega. A cebolinha verde  possui folhas numerosas, fistulosas, com comprimento variando de 25 a 35cm e cor verde mais clara do que a galega.  As plantas formam tufos bem fechados com folhas numerosas, finas e cor verde-escura.

Zoneamento agrícola: o cultivo da cebolinha é indicado para regiões de clima ameno, entre 8 e 22oC, resistindo ao frio. As variedades do grupo ‘Todo Ano’, no entanto, toleram temperaturas altas. Prefere solos de textura média, ricos em matéria orgânica, bem drenados e com pH entre 6,0 e 6,8.

Época de plantio: o ano todo em regiões de clima ameno; para os demais locais a melhor época é de fevereiro a julho. As variedades do grupo ‘Todo Ano’ podem ser cultivadas no verão.

Cultivares: cebolinha comum – Ano Todo, Evergreen, Bunching, Hanegui, K. Futonegui, Nebukai, N. Hosonegui, White Spear Bunching.

Espaçamento: 0,25 x 0,15m.

Sementes necessárias: 1,0 a 1,5kg/ha.

Semeadura/Transplante: a semeadura é feita em canteiros, em sulcos distanciados de 10cm e com profundidade de 0,2 a 0,5cm, distribuindo-se as sementes em linha contínua. O transplante é feito 30 a 40 dias após a semeadura, em canteiros definitivos, em sulcos com profundidade de 3 a 4cm, distanciados de 0,15 a 0,25cm entre plantas. Outra opção é transplantar mudas de touceiras antigas, cortando as folhas acima da gema apical e podando as raízes. Deve-se ter o cuidado de transplantar as mudas à mesma profundidade em que se encontravam. Essa operação deve ser feita, de preferência, de março a julho.

Calagem: aplicar calcário para elevar a saturação por bases do solo até 80%.

Adubação orgânica: aplicar, pelo menos 30 dias antes do transplante das mudas, 40 a 60t/ha de esterco de curral bem curtido ou composto orgânico, que podem ser substituídos por 10 a 15t/ha de esterco de galinha ou 3 a 4,5t/ha de torta de mamona fermentada sendo, a dose maior, para solos arenosos.

Adubação mineral de plantio: aplicar, pelo menos 10 dias antes do plantio das mudas, 40kg/ha de N, 160 a 360kg/ha de P2O5, 80 a 160kg/ha de K2O e 1kg/ha de B. A quantidade, maior ou menor, de adubo a ser utilizada depender  das análises de solo e foliar, cultivar empregado e produtividade esperada.

Adubação mineral de cobertura: 120kg/ha de N e 60kg/ha de K2O, parcelados em três aplicações, aos 15, 30 e 45 dias após o transplante à medida que vão sendo feitos os cortes, deve-se repetir a adubação de cobertura, parcelando-a em duas vezes: na época do corte e 15 dias após.

Irrigação: pode ser feita por infiltração ou aspersão, o suficiente, porém, para proporcionar bom desenvolvimento.

Tratos culturais: manter a cultura livre de plantas invasoras pois, além da concorrência, a cebolinha perde valor comercial quando cortada juntamente com mato. Fazer escarificações sempre que houver formação de crosta na superfície do canteiro.

Principais pragas: lagarta-rosca, cigarrinhas, pulgões, tripes, minador da folha,  ácaros e cochonilhas.

Principais doenças: requeima, mancha de Alternaria, ferrugem, antracnose, mancha púrpura e míldio.

Colheita: deve ser feita entre 80 e 90 dias após a semeadura, quando as folhas mais velhas ainda estão verdes, arrancando-se a planta ou cortando-se as folhas. Optando-se pelo corte, é possível fazer novas colheitas a cada 50 dias. O corte é feito entre 10 a 15cm do solo (acima da gema apical).

Produtividade normal: 18.000 a 24.000 maços por hectare (18 a 24 t/ha).

Rotação: hortaliças de outras famílias, milho e leguminosas utilizadas como adubo verde.

Dicas: para um plantio doméstico, compre jardineiras ou vasos, ou até mesmo em garrafa pet. Para o plantio de salsinha  jogue uma grande quantidade de sementes, pois as sementes são de baixa germinação e como a sua produção é caseira não haverá problemas. Não se preocupe com o tempo de germinação, nas recomendações do fabricante diz que leva até 15 dias para germinar, mas na verdade pode levar até um mês, então aguente firme. Mas depois a recompensa é uma delicia. Para a cebolinha pode ser o mesmo processo de plantio, a germinação é rápida em até 15 dia, mas para o consumo é um pouco mais demorado, pois ela precisa crescer (para que fique igual quando comprado no supermercado) mas não perca a paciência. Outra dica é a utilização de substratos para o plantio, caso não tenha terra e nem esterco, depois é só adquirir um produto orgânico para que você possa fazer as fertirrigações com o próprio regador. Se optar por garrafas pet não esqueça de fazer furos no fundo para poder drenar água.

 

Aproveite sua plantação caseira, é uma delicia ter uma hortinha em casa.

Fonte:IAC Boletim 200

Salsinha "inicio"

Salsinha

salsinha "corte"

cebolinha "inicio"

Cebolinha

Cebolinha "produção de mudas"

Cebolinha

Cebolinha "garrafa pet"

About these ads

45 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Juan Nicolau
    mar 20, 2014 @ 01:09:12

    Olá,
    Plantei a salsinha crespa e fiquei feliz pois elas nasceram já em uma semana, estavam crescendo bem rápido, só que quando atingiram aproximadamente 3 a 4 cm elas não ficavam mais em pé começaram a cair e não sei qual o motivo, parecia que elas não aguentavam o peso das folhas e deitavam, o mesmo aconteceu com o manjericão, você tem idéia do que pode estar acontecendo? :(

    Resposta

    • Alessandra C. Oliveira
      mai 03, 2014 @ 19:02:58

      Olá…
      Na verdade pode ser vários fatores!
      1) adubo de mais, e ela cresceu muito.
      2) adubo de menos, a falta de qualquer adubo pode prejudicar o crescimento, engrossamento do caule.
      3) Pode ter ocorrido estiolamento ocorre quando uma planta cresce na ausência total ou parcial de luz. A planta é sustentada pelos nutrientes de reserva da semente. O estiolamento ocorre pela síntese de hormônios que faz com que o caule cresça excessivamente.

      Como sua plantação é caseira, coloque adubação orgânica, reaproveite alimentos orgânicos que iria para o lixo, e coloque na planta, compostagem. Se sua planta fica muito na sobra, deixe que ela pegue sol da manha, é fraco, mas ajuda!

      Obrigada

      Resposta

  2. cardoso
    fev 15, 2014 @ 02:26:48

    GOSTARIA DE PLANTA COENTRO NO SISTEMA HIDROPÔNICO TEM COMO PLANTA , QUAIS SÃO AS DICAS QUE VC TERIA PRA MIM

    Resposta

  3. Elimar salles
    jan 04, 2014 @ 10:30:37

    oi !!! Alessandra tudo bem?? quero fazer um giral de madeira para plantar couve e cebolinha .vai dar certo?Beijossss

    Resposta

  4. Alex Oliveira Trindade
    nov 04, 2013 @ 14:25:35

    Ola, gostaria de saber se tem que ter cuidados diferentes entre salsas e cebolinhas plantadas em vasos em apartamentos para outras em hortas ao ar livre ou estufas? Como moro em Ap estou começando a plantar em vasos, fiz o plantio a 15 dias e estou aguardando a germinação. Como é os cuidados nessa fase como: Quantidade de sol, agua e etc..?? Gostei muito das dicas do site, Parabéns Alessandra C. Oliveira…

    Alex Oliveira Trindade
    São Sepé – RS

    Resposta

    • Alessandra C. Oliveira
      nov 27, 2013 @ 19:08:26

      Olá…
      A salsinha e a cebolinha é muito fácil de ser cultivados, os cuidados com ela são; um solo bem adubado, como adubo orgânico, podendo ser esterco bovino ou galinha, ou uso de compostagem. Não esqueça de irrigar pelo menos uma vez ao dia se sua região for muito quente, mas ela não suporta um solo encharcado. E uma planta que gosta muito de sol, então que ela fique pelo menos um período do dia no sol. A cebolinha verde pode ser cultivada através de sementes ou da divisão de touceiras formadas por plantas adultas, a vantagem de touceiras que ela é bem mais rápida que as sementes, e normalmente as que são vendidas em supermercado, algumas vem com raízes, sendo essas aproveitáveis.
      Após um certo tempo ela produzindo normalmente a cebolinha vai precisar que vc a replante e use o método de plantio pela divisão de touceiras, consiste em separar cada planta da touceira, colher as folhas mais desenvolvidas e plantar cada planta espaçadamente na mesma profundidade em que se encontrava anteriormente.
      O período da germinação e tranquilo, deixando ela tomando um sol e deixando o solo úmido, mas claro sem deixar ele encharcado. Quanto calor mais rápido elas iram germinar.
      A colheita de folhas da cebolinha verde pode começar entre 75 e 120 dias após o plantio, dependendo do cultivar e das condições de cultivo. As folhas devem ser colhidas por inteiro, junto à base, e não pela metade. A planta também pode ser colhida inteira, para aproveitamento do pseudocaule. Neste caso a colheita é realizada por alguns horticultores cerca de 3 meses após o plantio, enquanto outros deixam a planta crescer por 9 meses ou mais.

      Obrigada e volte sempre :D

      Resposta

  5. ricardo
    out 07, 2013 @ 22:26:42

    alguem poderia mandar alguns resultado de como fica o sistema radicular dos frutos semeados no dia de frutos,no dia de folha ,e no dia de raiz ,
    As hortaliças folhosas semeadas em dia de frutos e dia de raiz,,e como fica a parte aerea dessas hortaliças semeadas em dia de frutos e dia de folhas.

    Resposta

  6. elisabete maria
    set 19, 2013 @ 15:16:42

    Ale gata garota o eu aq d novo seguinte gata plantei e um carrinho d mao dste d obra 1 careira d coentro n meio alfce na otra ponta salsa ocoentro brotou ta bm bnitnho todesbastando aos pouco conforme cresce a salsa no sai d lugar e o alface nunca brotou o q sera q ta faltando a terra foi preparada com composto tbm torta d mamona 20 dias antes sera q cloco npk 414 08 e o q tnho disponivel ou npk 10 10 10 em grao dz ai gatissima qro comer e tbm prsentear meus tenperin espro sua dica enqua to isso vo arumando otras coisas pr aq bjim bjim

    Resposta

    • Alessandra C. Oliveira
      set 27, 2013 @ 00:41:27

      Olá…
      Normalmente a sementes de salsinha demora mesmo a germinar, sendo este um pouco difícil. Se possível recomendaria a você comprar as mudinhas prontas … caso isso seja possível. As sementes de salsa podem tomar um longo tempo para germinar, variando de 2 a 6 semanas. Deixar as sementes de molho em água por um dia pode apressar a germinação. Plante as sementes no local definitivo na horta.
      As mudinhas de alface, precisa ser feita a parte, e apenas substrato é suficiente para germinação. Tente fazer as mudinhas em copinhos descartáveis com furinhos na parte inferior do copo e preencher de substrato, coloque 3 sementes e molhe. Deixe-as em um local onde pegue sol e sobra, não só sol ou só sobra.
      Espero que tenha ajudado
      Obrigada e volte sempre :D

      Resposta

  7. elisabete maria
    ago 15, 2013 @ 19:57:01

    Oi oi gata garota pensou q eu tinha sumido(afee) sumi nao gata no falei q agora to no teu pé o minha flor de q falei antes flor e modo d dizer nunca deu flor é gardenia jasminoide aquela d flor branca grande e perfumada. Mas vim aq p perguntar outra coisa cmo colho a semente da cebolinha. Plantei umas mudas q ganhei as criaturas cresceram rapido ja colhi 1 maco d folhas e dei ja q nao cozinho. Agora tem 1bm grossa c flor qse toda aberta e outra c botao cmo faço p nao perde as sementes q certamente virao da uma forcinha ai gata olha provavelmente vou t da sussego j q esta chegando. O tempo d ir p fora observar as flores q comecam a desabrochar ia esqcer cmo faco p t mandar foto das quiridinhas d meu quintal? Bjim d flores t logo

    Resposta

    • Alessandra C. Oliveira
      ago 18, 2013 @ 11:34:59

      Olá…
      Esperar: Permitir que as flores secar. Corte a cabeça de flores seca da planta.
      Coloque as flores seca em um saco de papel. Isso impedirá de perder muitas sementes no chão.
      Coloque o saco de papel com suas flores em um lugar fresco e seco durante três a quatro semanas.
      Verifique as flores para se certificar de que eles estão secos. Feche o saco e agite-o. Isto irá remover as sementes.
      Coloque as sementes um envelope ou um recipiente com tampa apertada. Rotule o recipiente identificando as sementes dentro. Armazene o recipiente em um local fresco e escuro até o tempo de plantação.
      Encontrei um site com uma foto da flor da cebola:

      http://trumbuctu.blogspot.com.br/2009/04/espera-da-semente.html

      http://pt.wikipedia.org/wiki/Allium_schoenoprasum

      Obrigada e volte sempre que precisar :D

      Resposta

  8. elisabete maria
    jul 31, 2013 @ 22:40:20

    Ola Alessandra hó eu aq tr veis. Sab o q acontece gata garota é. Q desde q fiquei c a mao esqrda paralizada apesar d continuar jardimbrincando. Tenho medo d errar algma coisa eperde1 planta antes eu era mais confiante ai fiquei medrosa sei q se perde alguma sera quase impossivel obter outra entao vou aos poucos. Quero. Se possivel m ajude a minha. Jasmim ja ta caducando e nao produz flor o vaso é grade ta no sol diatodo. Molho sempre a unica flor q deu foi ha 2 anos qnd comprei ja tinho o botao dai nunca mais uso sempre cm adubo torta d mamona+farinha d osso da uma força ai. Amiga muito obrigada pla gentileza e atençao vc é10 ha perdoe a pertubacao mas nao t largo mais nao k kk k. K cheiro d flor p vc. T breve

    Resposta

    • Alessandra C. Oliveira
      ago 04, 2013 @ 14:04:40

      Olá…
      E você não me incomoda Elisabete… adoro por sinal… você pode voltar sempre que precisar e sempre te ajudarei (quando souber claro … rsss).
      Existem várias espécies de jasmim. Jasmim Gardênia, que dá uma flor grande branca e fica florido o ano todo. Jasmim dos Açores, que dá cachos e as flores são estreladinhas e só abrem e perfumam à noite. Jasmim Bogari que é de flores pequenas brancas e perfumadissimas.
      Você pode tentar as podas e são sempre bem vindas. Em geral, indicam-se podas anuais, eliminando-se cerca de 1/3 do volume da planta.
      É cultivado por meio de ramos que são retirado de outras plantas no verão. Você pode substituir sua jasmim comprando a mudinha pronta, aí é só replantar. Mas você pode fazer muda através galhos (estacas). Se você deixar os galhos na terra ainda na planta, ele cria raiz, aí é só cortar , separar e plantar.

      Dois links como sugestão:

      http://jornalagricola.wordpress.com/2011/09/24/multiplicacao-de-plantas-ornamentais/

      http://www.orfury.com.br/blog/51126/como-cuidar-da-flor-jasmim.html

      Obrigada e volte sempre :D

      Resposta

  9. arthur
    jul 31, 2013 @ 22:23:43

    sobre esta frase , A germinação pode ser apressada, deixando-se as sementes de molho por uma noite.

    É PARA DEIXAR DE MOLHO COM AGUA??NO CULTIVO DA SALSINHA…

    Resposta

    • Alessandra C. Oliveira
      ago 04, 2013 @ 12:45:01

      Olá…
      As sementes de salsa podem tomar um longo tempo para germinar, variando de 2 a 6 semanas, e é muito chato ficar esperando. Se você deixar as sementes de molho em água morna por um dia (ou por uma noite), alguns deixam até 24 horas de molho, pode apressar a germinação sim. Deve, de seguida colocá-las em cima de um pano, bem espalhadas durante aproximadamente 1 hora antes de as semear na sua floreira ou horta, previamente arranjada com terra até meio. De seguida, tape as sementes até cerca de 1 cm de terra, e regue. A colheita das folhas da salsa pode começar de 60 a 90 dias depois do plantio, quando a planta tem aproximadamente 12 a 16 cm de altura.
      Mas ela tem algumas regrinhas quanto ao clima: Para regiões onde o inverno não é rigoroso, a melhor época é de março a agosto. Em regiões de clima ameno, planta-se o ano todo; porém, em locais onde o inverno é rigoroso, evitar a semeadura nos meses frios. O cultivo da salsa é indicada para regiões de clima ameno, desenvolvendo-se melhor sob temperaturas entre 8 e 22ºC. Temperaturas acima desta ocasiona o aparecimento precoce de flores e as temperaturas abaixo desta reterda o seu desenvolvimento.

      Obrigada e volte sempre :D

      Resposta

  10. elisabete maria
    jul 12, 2013 @ 19:40:55

    OLA. ALESSANDRA aproveitanta as dicas sobre essa praga gostaria d sua orientacao tenho mais d 5 anos 1amarilis em jardineira tmanho medio sempre deu flores lindas n primavera ano passad suas flores comecaram abrir e menos d 1 semana ja murchavam entao curiosa decd tirar o bulbo p repltar qnd fui limp percebi 1 lagarta q fez 1buraco e la estava ela quase d tamanho d dedo mindim cortei o bulbo ao meio dexei secar em uma rednha dessas q vem c frutas o bulbo secou e as flhas em volta estao secas ms no meio t brotand as duas partes1 eu enterei ms prce q nao vai d nd a outra metad dexei na sonbra em 1 potinho tbm t brotnd ms resolvi dxa pr enterrar qnd o brot sai tod sera q ele aind vai produzi algma coisa ou to perdendo tempo diz ai. Gata garota. Cheiro d flor p vc e td equi desse sit q e mara

    Resposta

    • Alessandra C. Oliveira
      jul 29, 2013 @ 11:59:45

      Olá…
      Pesquisando sobre essa planta maravilhosa e encontrei algumas sugestões:
      Para propagar esta planta podemos separar de modo simples os filhotes que se desenvolvem ao redor do bulbo-matriz. O plantio destes pequenos bulbos: Plantar os bulbos, não enterrando demasiado, deixando a parte superior fora da terra. Regar e manter uma leve umidade no período de crescimento.
      Ao plantar direto no jardim ou canteiro, respeitar o espaçamento de 25 cm entre os bulbos. Na hora do plantio, manter a ponta do bulbo para fora da terra.
      Durante os meses do outono-inverno, o bulbo fica em dormência, enterrado no solo, armazenando energia para uma nova brotação. Ele começa a despertar conforme a temperatura do ambiente aumenta. A brotação e florescimento ocorre nos meses da primavera e verão. Para reproduzir a planta, é só retirar o bulbo da terra e extrair os bulbilhos laterais que se formam ao redor. Aí é só plantá-los em outros vasos para gerar novas plantas. Depois disso, replante o bulbo-mãe e continue normalmente com as adubações e regas.
      Em geral, o florescimento ocorre de 20 a 30 dias após o plantio. Em caso de necessidade de segurar a produção, armazene os bulbos em ambientes com temperaturas entre cinco e dez graus. Quanto mais tempo armazenado, mais rapidamente nascem as hastes florais dos bulbos.

      Acredito que a outra parte irá produzir, pela sua descrição.

      http://delas.ig.com.br/casa/jardinagem/veja-como-plantar-bulbos/n1596973588803.html

      http://jardimdaterra.blogspot.com.br/2013/03/amarilis.html

      Obrigada e volte sempre :D
      Desculpe a demora estava com alguns probleminhas de tempo.

      Resposta

  11. PAULIMAR BIZINOTO
    jun 24, 2013 @ 18:56:45

    Possuo uma pequena área com plantio de cebolinha e salsinha, no entanto na salsa apareceu uma espécie de mofo, gostaria de saber de um tratamento caseiro para a praga

    Resposta

  12. raquel
    mai 25, 2013 @ 16:37:45

    Qual a diferença da cebolinha evergreen- nebuka e a cebolinha verde- fina?

    Resposta

  13. eder
    mai 25, 2013 @ 15:05:58

    oi alessandra.tenho 50m quadrado de area soment mas gostaria de ter uma renda extra com a produção de temperos verdes com cebolinha e salsinha acha que vale apena ness pequeno espaço que tenho .é uma coisa que gosto de fazer e que não depende de muita mão de obra. eu á fiz calculos e acredito que da para fazer de inicio sem muito investimento uns 300 reais poe mes o que acha.

    Resposta

    • Alessandra C. Oliveira
      mai 31, 2013 @ 19:16:37

      Acredito que seja sim um bom investimento …. para tirar um dinheirinho extra …. você pode abastecer alguns supermercados da sua cidade….
      Mas necessita de um pouco de atenção, pois como se trata de hortaliça são delicadas. Precisa de irrigação moderada, cuidados com adubação, pragas e doenças. Pois se fizer algum compromisso com algum estabelecimento terá de entregar os maços de cheiro verde nas datas combinadas. Agora se for uma vendar informal talvez seja mais tranquilo.
      E claro … um dinheiro extra é sempre bom né…
      Boa sorte!!!
      Obrigada e volte sempre que precisar :)

      Resposta

  14. Alexsandro da Silva Barbosa
    mai 10, 2013 @ 20:55:21

    Alessandra gostaria de saber se a á obrigatoriedade de sol diretamente nas hortaliças. obrigado

    Resposta

    • Alessandra C. Oliveira
      mai 12, 2013 @ 21:07:35

      Algumas hortaliças precisam de muito sol e outras não, a luz (raios solares) ajuda a planta no seu desenvolvimento completo. As hortaliças, sendo plantas de crescimento rápido, precisam de 3 a 10 horas de sol por dia. Por exemplo, com temperaturas mais amenas e chuvas escassas, o inverno é um ótimo período para cultivar alface, a rúcula, o repolho e outras hortaliças precisam de sol diário e simples cuidados de irrigação e adubação para crescerem saudáveis.
      Na instalação de sua horta, primeiramente, analise os ambientes da residência durante um dia todo para verificar onde “bate” sol durante, no mínimo, três horas diárias, preferencialmente de manhãzinha e no fim da tarde. Atenção: a ocorrência de raios solares deve ser direta, não basta ter somente luminosidade no local. Assim, havendo sol, a sua horta (em vasos e jardineiras) pode ser cultivada em qualquer canto, nas janelas ou mesmo fixada em paredes como um jardim vertical.
      Espero que tenhga ajudado.
      Obrigada e volte sempre que precisar :)

      Resposta

  15. suely de souza bezerra
    mai 05, 2013 @ 22:15:32

    adorei as idéias de como plantar em casa. obd suely

    Resposta

  16. Heliza
    fev 17, 2013 @ 22:19:50

    Adorei seus comentários, tenho 5 mil m2, e estou pensando em fazer uma horta maior, mas tenho que fechar por causa das galinhas que solto durante o dia. Mas meus caquis que estão sendo comidos por pássaros, hoje coloquei sacos plásticos em alguns para ver se consigo salvar. Forte abraço e parabéns .

    Resposta

  17. Débora
    dez 10, 2012 @ 13:44:14

    como matar as larvas meia pretinha que comeu todo o repolho que plantei?

    Resposta

    • Alessandra C. Oliveira
      dez 15, 2012 @ 09:04:18

      Olá…
      Como sua horta é pequena (hortas domésticas ou orgânicas), métodos alternativos poderão ser usados como, por exemplo, a mistura de 5 g de sal de cozinha (1 colher de chá) para 20 mL de vinagre (1 colher de sopa) em 1 L de água. Acrescentar 2,5 mL (meia colher de chá) de detergente líquido. Pulverizar as plantas atacadas a cada 5 a 7 dias. Extrato de sementes de Nim também pode ser aplicado na cultura. Colocar 15 a 50 g de sementes moídas (amarradas em um pano) em 1 L de água. Deixar macerando por 24 horas e, em seguida, pulverizar as plantas. Se as sementes não estiverem disponíveis para o horticultor, pode-se lançar mão de produtos formulados à base de Nim. Sementes, mudas e produtos formulados são encontrados a venda em casa agropecuaria e ate mesmo na internet.
      Para aumentar a resistência das plantas contra as pragas pode-se aplicar um chá preparado a partir de 100 g de cavalinha seca ou 300 g da planta verde. Deixar macerando em 10 L de água por 24 horas, em seguida ferver por 10 minutos. Diluir em 90 L de água e regar ou pulverizar as plantas.
      Mas caso queira produtos químico, recomendo que o senhor procure um casa agropecuaria um agronomo que possa está te ajudando. Pois o emprego de produtos químicos requer os devidos cuidados, como a escolha do inseticida devidamente registrado para o controle da praga, leitura atenta da bula da embalagem, observação do período de carência (intervalo entre a última pulverização e a colheita), descarte adequado das embalagens vazias e uso de equipamento de proteção individual. Esses cuidados permitirão diminuir os riscos de contaminação do solo, da água e do produto final, protegendo a saúde do produtor (a sua), sua família, e do consumidor final.
      Obrigada
      Precisando volte sempre.

      Resposta

  18. Monica Mon
    nov 06, 2012 @ 11:49:19

    Tenho observado que algo está devorando as minhas mudas de cebolinhas mas eu nao sei o que é. Tenho um vaso onde plantei uma dezena de gominhos e até as raízes sumiram, ficando só o buraco na terra onde estavam as raízes. As outras que plantei junto com pés de tomate aparecem com o caule quebrado, como se algum passarinho tivesse bicado a minha plantinha.O que será que é?

    Resposta

    • Alessandra C. Oliveira
      nov 16, 2012 @ 00:18:27

      Vou citar alguns pragas e assim vc pode identifica-lo:
      – a vaquinha patriota: ela parace uma joaninha, só que ela tem bolinhas amarelas e ela é verde. É um pequeno besouro de cor verde e amarela, com 0,5- 0,7 cm, que pode causar danos às folhas de plantas recém-emergidas ou recém-transplantadas. Os ovos são colocados no solo, as lagartas nascem começam se alimentar das raízes das plantas. Ao atingirem a idade adulta os besouros se alimentam das folhas.
      – lagartas: LAGARTA-DAS-FOLHAS – a lagaarta, ao final do período larval, mede de 40 a 50 mm de comprimento, possuindo coloração variável (verde, marrom, branco-sujo e até preta, com listas longitudinais de duas a três cores). Quando completamente desenvolvida, a lagarta abandona a planta, penetra no solo, onde constrói a câmara pupal próximo às plantas atacadas e se transforma em pupa. Danifica as folhas e pode destruir parcial ou totalmente os bulbos. LAGARTA-ROSCA – As lagartas apresentam coloração variável, cinza-escura a marrom-clara, e podem medir 45 a 50 mm no seu máximo desenvolvimento. Possuem o hábito de se alimentarem durante à noite. Durante o dia, protegem-se sob torrões, na base da planta, ou a poucos centímetros de profundidade no solo. Devido à característica de enrolar-se quando tocadas, são conhecidas como lagartas-rosca.O principal dano causado pela lagarta-rosca é o corte das plantas novas na altura do colo das plantas, tendo, como conseqüência, a redução do estande, sendo a sua maior ocorrência em solos com elevado teor de matéria orgânica.
      – LARVA-ARAME: A larva é bastante quitinizada, tem o corpo achatado, possui coloração que varia do amarelo-esbranquiçado ao marrom-claro e, quando bem desenvolvida, pode atingir 25 mm de comprimento. Geralmente, apresentam a cabeça e a placa anal de coloração marrom. Ao adultos não são considerados pragas, alimentam-se de líquidos adocicados, de insetos mortos e vegetais. As larvas vivem no solo e atacam a parte subterrânea de plantas, consumindo sementes, raízes ou perfurando o caule.
      Qualquer dúvida sobre os insetos vc pode digitar esses nomes no google e clicar em imagens.

      Desculpe a demora. E volte sempre que precisar…
      Obrigada

      Resposta

  19. Maria Amélia
    set 24, 2012 @ 15:14:55

    Poxa adorei a dica… Eu vinha pensando no que fazer no pequeno espaço entre a janela e uma parece… que serve mais para circulação de ar. É bem iluminado, parte do dia tem sol, no entanto é um pequeno espaço, como não tenho vista para rua, é só parede, eu queria aproveitar esse espaço e dar um ar de alegria e me dedicar ao cultivo de pequenas plantas (flores, temperos, ervas, turbéculos etc… o que fosse possível ser plantado em garrafas pets, fazer saladas e decorar). Obrigada!!!

    Resposta

  20. ANTONIO ALVES DOS SANTOS
    ago 15, 2012 @ 12:21:07

    muito bom essa maté ria ,tirei todas as minhas duvidAS!!!!!

    Resposta

  21. Fabricio
    jun 17, 2012 @ 12:23:44

    gostaria de saber com urgencia por favor se existe alguma cultivar resistente de cebolinha para alternaria obrigado.

    Resposta

    • Alessandra C. Oliveira
      jun 20, 2012 @ 23:36:55

      Olá,
      Desculpe mas eu não conheço. Mas vou deixar a baixo alguns controle que vc pode fazer. Espero que ajuda você. Obrigada.

      Controle: A adoção conjunta de diferentes práticas é fundamental para o efetivo controle das alternarioses em hortaliças. O estabelecimento de um programa de manejo para a doença deve incluir medidas como: plantio de sementes sadias, plantio de cultivares e híbridos tolerantes, rotação de cultura, redução do estresse das plantas pela correta adubação e irrigação, bem como a aplicação de fungicidas (Reis e Henz et al., 2010).
      Práticas que contribuem para a redução da umidade, período de molhamento foliar e maior circulação de ar entre plantas tais como: evitar o plantio em áreas úmidas, maior espaçamento entre plantas e eliminação de “pés de grade”, são estratégias que visam reduzir as condições favoráveis às alternarioses. Minimizar irrigações em períodos críticos, evitar regas próximas ao anoitecer e reduzir o período de molhamento foliar contribuem para reduzir a severidade da doença. A incorporação dos restos culturais logo após a colheita, para acelerar a decomposição do material doente favorecendo a redução do potencial de inóculo na área. A eliminação de plantas voluntárias, hospedeiros alternativos, restos culturais, bem como evitar novos plantios próximos a áreas em final de ciclo são medidas que visam diminuir as fontes de inóculo da doença e impedir a entrada da doença em novos cultivos.

      Resposta

  22. Leonardo Ramos
    jun 01, 2012 @ 22:36:29

    Alessandra! Gostaria de saber como produzir salsinha e cebolinha em estufas para fins comerciais, como proceder para se ter entre 100 a 150 maços diários de ambas e qual projeto de estufa apresenta o melhor custo benefício. Desde já agradeço a atenção.

    Resposta

    • Alessandra C. Oliveira
      jun 04, 2012 @ 10:37:56

      Olá….
      Gosto muito da idéia de produção de horticulas em estufa, porém seu custo é muito alto, mas caso você já tenha uma estufa melhor ainda. Mas a aquisição da estufa depende muito do quanto você tem para gastar, mas ela pode ser desde com apenas sombrites até as hidroponicas. Todas ajudaram o senhor, pois uma estufa bem controlada, e cuidada o retorno é muito bom. Pois o senhor dará a irrigação certa, adubos corretos.

      Salsinha:
      O cultivo da salsa é indicado para regiões de clima ameno, desenvolvendo-se melhor sob temperaturas entre 7 e 24oC. Não tolera temperaturas extremas. Apesar de ser uma espécie pouco exigente em fertilidade, prefere solos com textura média, ricos em matéria orgânica, bem drenados e com pH entre 5,5 e 6,8. Para regiões onde o inverno não é rigoroso, a melhor época é de março a setembro. Em regiões serranas, de clima ameno, pode ser cultivada o ano todo; porém, em locais onde o inverno é rigoroso, evitar a semeadura nos meses frios. Cultivares: Comum, Crespa, Gigante Portuguesa, Lisa Comum e Lisa Preferida. Espaçamento: 0,20 a 0,25m x 0,10 a 0,15m. Sementes necessárias: 2 a 3kg/ha. Semeadura: feita em canteiros definitivos, em sulcos com profundidade de 0,2 a 0,4cm, em fileiras contínuas. A germinação é muito lenta, de 12 a 13 dias quando a temperatura do solo está entre 25 e 30oC, e 30 dias quando está a 10oC. A germinação pode ser apressada, deixando-se as sementes de molho por uma noite. Quando as plantas estiverem com 4 a 5cm de altura (duas folhas definitivas) faz-se o desbaste, deixando-se as mais vigorosas, espaçadas de 0,10 a 0,15m. Podem-se aproveitar as mudas vigorosas para transplante. UMA DICA: quando você colocar as sementes para germinar, você pode colocar a sementeira dentro de um saco plastico transparente, a germinação é mais rápida, pois o plastico deixa quente (sensação de efeito estufa). Colheita: inicia-se entre 50 e 70 dias, dependendo do cultivar, fazendo-se nova colheita a cada 30 dias. O corte é feito quando as plantas atingem cerca de 10cm de talo. Corta-se a planta pela base ou, o que é mais aconselhável, apenas as folhas mais desenvolvidas, assim, a produção será maior e mais prolongada. Produtividade normal: 7.000 a 8.000 maços por hectare, que correspondem a 14 a 16 t/ha.

      Cebolinha:
      O cultivo da cebolinha é indicado para regiões de clima ameno, entre 8 e 22oC, resistindo ao frio. As variedades do grupo ‘Todo Ano’, no entanto, toleram temperaturas altas. Prefere solos de textura média, ricos em matéria orgânica, bem drenados e com pH entre 6,0 e 6,8.Época de plantio: o ano todo em regiões de clima ameno; para os demais locais a melhor época é de fevereiro a julho. As variedades do grupo ‘Todo Ano’ podem ser cultivadas no verão.Cultivares: cebolinha comum – Ano Todo, Evergreen, Bunching, Hanegui, K. Futonegui, Nebukai, N. Hosonegui, White Spear Bunching.Espaçamento: 0,25 x 0,15m.Sementes necessárias: 1,0 a 1,5kg/ha. Semeadura/Transplante: a semeadura é feita em canteiros, em sulcos distanciados de 10cm e com profundidade de 0,2 a 0,5cm, distribuindo-se as sementes em linha contínua. O transplante é feito 30 a 40 dias após a semeadura, em canteiros definitivos, em sulcos com profundidade de 3 a 4cm, distanciados de 0,15 a 0,25cm entre plantas. Outra opção é transplantar mudas de touceiras antigas, cortando as folhas acima da gema apical e podando as raízes. Deve-se ter o cuidado de transplantar as mudas à mesma profundidade em que se encontravam. Essa operação deve ser feita, de preferência, de março a julho. Colheita: deve ser feita entre 80 e 90 dias após a semeadura, quando as folhas mais velhas ainda estão verdes, arrancando-se a planta ou cortando-se as folhas. Optando-se pelo corte, é possível fazer novas colheitas a cada 50 dias. O corte é feito entre 10 a 15cm do solo (acima da gema apical). Produtividade normal: 18.000 a 24.000 maços por hectare (18 a 24 t/ha).

      http://www.agrov.com/ (Gosto muito desse site)

      Resposta

  23. Antonio Augusto Balzani
    dez 10, 2011 @ 10:40:26

    Bom dia, achei interessante todas materias que li, tenho 20.000 m2 e não plantei nada ainda, mas surgiu uma idéia, de plantar quiabo ou abobrinha, de maio em diante. São épocas boas de prêço, o que me falta é um trator para limpar a terra, sempre que preciso?, obrigado.

    Resposta

    • Alessandra C. Oliveira
      dez 10, 2011 @ 19:11:22

      Olá Senhor Antonio,
      Nossa o senhor tem uma área muito boa …
      A vantagem de plantar uma horta é que não necessita de muita área para começar, e dependendo da sua região não a necessidade de ser muito maior que isso.
      Sugiro ao senhor que analise os pontos de vendas de hortaliça, e verifique quais produtos tem diponivel. Analise os produtos, o seu estado que elas se encontra, pois as hortaliças, são muitos fragieis e ter uma horta proximo é muito bom, e é sempre bom ter e mantem hortaliças fresca e bonitas.
      Não sei como está a sua área, se necessita de uma grande limpeza, mas as vezes um trator ajuda sim, porém se o senhor tiver uma carriola , uma enxada e tempo o senhor consegue arrumar a sua área.
      O senhor tem que fazer um cronograma de plantio, assim o senhor poderá plantar diversas hortaliças e ainda fazendo uma rotação de cultura.
      Sugestões:
      – alface, couve, salsinha, cebolinha: é muito aprecida pelo publico e facil e rápido o plantio.
      – berinjela, abobrinha, quiabo, jilo: é sempre bom, o publico procura os três não na mesma proporção, mas sempre tem saida.
      – rabanete, cenoura, beterraba: são raízes que o publico compra, porém não compra sempre, como a cenoura que uma hortaliça muito apreciada na mesa brasileira.
      – tomate, brocolis, couve-flor, pimentão: o plantio dessas hortliças dá muito trabalho, pois são sensiveis ao tempo, a doenças, a pragas, porém seguidos todos os cuidados corretos, o senhor terá produtos bonitos.
      Enfim, alguns conhecimento da sua região, como clima, conhecimento de outros horticultores, poderá deixar o senhor a frente e ganhar por isso.
      Pois todas as hortliças podem ser plantadas, tendo todo o cuidado com os tratos culturais, e utilizando da irrigação, o senhor poderá ter uma linda horta.
      Não sei se respondi corretamente a sua pergunta, sendo assim estou disponivel quando o senhor precisar.
      Obrigada
      Atenciosamente
      Alessandra C. Oliveira

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 525 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: